05 dezembro 2010

Comentando algo sem Comentários

Hoje tive a oportunidade de ler numa reportagem na F. de São Paulo profissionais da área da Psicologia comentando sobre o meu cantinho, provavelmente baseados numa única frase minha falando a respeito do assunto e, possivelmente, através de uma idéia generalizada sobre um blog criado por uma mãe, sem nem sequer ter visitado e lido o conteúdo do "Nascendo uma Mãe" ou conversado comigo. 
Num bate-papo de cerca de dez ou quinze minutos com uma repórter que dizia estar fazendo uma reportagem sobre blogs com histórias de crianças,  falei sobre vários aspectos do meu blog e comentei que, inicialmente, pensava nele como uma espécie de diário, acrescentando, com relação a privacidade que achava que tinha mais pontos positivos que negativos. Falei também que depois, com o crescimento da publicidade do blog, optei por não privatiza-lo pois recebo muitos e muitos recadinhos de mães que me dizem como minhas experiências as ajudam a passar pelas delas. Ganhamos amigas, formamos vínculos, ajudamos pessoas, coisas tão difíceis de se ver e de se fazer hoje em dia 
Sou uma pessoa super aberta a conselhos e idéias e respeito muito as opiniões das outras pessoas. Mas, as profissionais que opinaram a respeito do meu blog não conseguiram alcançar o real motivo de tudo isso aqui existir. Não perceberam que é uma coisa boa, uma conversa de comadres, uma troca de experiências, só que feita do jeito como tudo acontece no mundo de hoje: pela rede.
O objetivo disso tudo é pontuar momentos importantes na vidinha de nossos filhos, momentos pelos quais todas as pessoas passam e nada de ruim, ou ridículo, tem nisso. Como, por exemplo, o nascimento do primeiro dente, a primeira vez que se fraturou o braço ou como era amado quando criança pelos avós.
O ponto principal de tudo isso não é expor a intimidade de ninguém, nem minha, nem da minha familia e, muito menos, dos meus filhos e, sim, marcar quanto amor existe nessa época tão gostosa da vida.
E, apenas para terminar, quem me conhece, seja pessoalmente, seja através do blog, sabe que sou uma mãe extremamente zelosa e cuidadosa. Sabe, também, que dou uma importância imensa à minha família, à educação do meu filho, que cuido muito da forma como lidar com ele e que esses são bens muito preciosos que levo comigo.
Por isso, valores familiares e educação de berço com certeza meus filhos terão, porque me dedico a eles 24 horas por dia e, ao blog, 1 ou 2 horas por semana. A verdadeira essência do que eles receberão de mim e do pai no decorrer da vida, está no olho-no-olho, em nossas atitudes no dia-a-dia, no modo como respeitamos as pessoas que convivem conosco e na forma absolutamente honesta de como levamos a vida.  Um simples relato com fotos e comentários sobre o primeiro Natal ou sobre sua vidinha na escolinha não pauta a vida, o caráter de uma criança. Pelo menos não dos meus filhos. E ponto.

17 comentários:

Priscila Sant'Anna: disse...

É isso aí Gi!

Concordo plenamente com você.

E digo mais: eu tenho um blog hoje e a Bia tem vários relatos guardados no outro blog o Versos de Mãe, pq um dia navegando na internet encontrei o Nascendo uma Mãe, conheci vc e o Lucca (ainda que virtualmente) e tudo me deu inspiração para escrever relatos sobre a Bia também.

Hoje continuas sendo inspiração, Gi!

Já passaste muita coisa boa pra nós e continuas passando através do teu blog, do Mamãe Modernex (aliás, pq será foste a escolhida para representar as mamães modernex, hein?) e enfim, todas as iniciativas que tu tens pela rede.

E é isso que importa!

Agora um novo ciclo se inicia em tua vida, mais um bebê a caminho! O maninho (a) tão esperado do Lucca e muitas novas histórias para contar.

O blog é um presente para os leitores? É sim, com certeza.

Mas é uma das tantas declarações de amor que dás aos teus filhos e uma herança especial para a posteridade.

Beijos para vocês,
Pri - mamãe da Beatriz

Dri disse...

Oi Gi, com certeza as pessoas que opinaram não leramum tiquinho do seu blog.
Acompanho desde a barriguinha do Lucca e sempre que venho aqui tenho algo de interessante e alguma dica, conselho, ideia ou fato que aconteceu que me ajudam no meu dia-a-dia também.
Ultimamente eu não tenho escrito muito no meu blog, mas foi por falta de tempo mesmo, tem tantas coisas novas que o Caio aprontou que gostaria de logar, mas o tempo vai passando e eu acabo esquecendo de registrar.
Contar no blog algumas das coisas que nos acontecem vai deixar registrado momentos que talvez um dia nem lembraríamos mais e que ao ler no futuro nos trará lindas recordações e nos deixará uito felizes.
Concordo plenamente com seu comentário.
Se quiser flar sobre algo, tente conhecer primeiro pra depois emitir sua opinião, não é mesmo!
Beijokinhas pra vc, pro Lucca e pro bebezinho que está a caminho.

Anônimo disse...

O meu blog favorito é o teu :) gosto de blogs com fotografias..mas confesso ke considero perigoso expor-se na rede fisicamente..a rede é o meio de hoje para se relacionar mais facilmente mas tem mtos perigos e amizades virtuais eu não acredito nelas.., adoro o teu blog, a forma como relatas a tua vida familiar, mas nada disso me diz o ke és como pessoa, ninguém é akilo ke escreve por mto ke se afirme isso por aki, se reparares ninguem assume na net ke é mau..toda a gente se acha o máximo..mas o ke mais se lê são agressoes, insultos só basta n ir atras do rebanho a tecer elogios por tudo e por nada..quantas vezes já li de fotos de bebés obesos toda a gente a dizer ke não é gordo, bla bla bla..e se vem alguém ke diz a verdade..estala o verniz e a violencia virtual é da pior..
e já assisti a violencias da maes ke se dizem a mais extremosas..por isso acredita nisto kem ker e principalmente kem é ingenuo..

Marcia disse...

Gi,tem pessoas sem noção mesmo viu...
Tu es uma mãe maravilhosa,meiga,carinhosa super dedicada.
Tu ajuda muita gente sabia,mesmo eu
com 3 filhos aprendo com vcs.
Td q tu posta é simples e objetivo e
tenho certeza q o Lucca vai amar ler
cada momento dele.
Eu mesmo tenho meu blog(não bom e atualizado como o teu kkkkkkkk),mas as vezes reeleio coisas de 1 ano atras e me emociono,qd o Rhian começou a falar,qd o Enzo largou o peito,qd a Brenda passou de ano,Qd
decidi voltar de Porto Alegre para SP.
Td isso é muito importante para nos mamães....
Não é a toa q tu es a mamãe Modernex né....
Adoro muito vcs,mesmo no virtual.

mil bjs

Marcinha www.barbiegaucha.blogspot.com

www.maenicolas.blogspot.com disse...

Olá Gi, minha amiga querida.
Li o seu post, fui atrás da entrevista e NÂO GOSTEI do que li e ponto.
Quem te conhece, sabe muito bem que tudo o que você escreve é com muito carinho, emoção e principalmente recheado de respeito: à tudo e a todos.
Minha amiga, não fique triste, nem aborrecida, pois realmente existem pessoas muito capacitadas em distorcem o que ouvem ou comentam. Concordo que antigamente diário tinha chave e me lembro muito bem que o jornal era lido somente em banca de jornal. Então qual é a diferença de um diário virtual ou de um jornal on line?????
Mas com certeza isso que você passou serve de alerta e experiência para todas nós e antes que falarmos ou darmos um depoimento é melhor pensarmos se realmente vale a pena e qual é verdadeira proposta de quem solicita qualquer tipo de informação.será que tudo será publicado na integra ou se depois de editado ficará diferente.
Adoro vocês e principalmente o "seu cantinho" que serviu de inspiração para mim e com certeza para outras mães.
Um beijo enorme e continue sempre assim.
Gisele e Nícolas

Vivian disse...

Gi, fiquei atônita ao ler a 'reportagem'. É fácil se promover às custas de alguém né?
Essa matéria vai dar o que falar, afinal seu blog é muito acessado e vcs muito queridos...
Estamos rodeados de pessoas assim, infelizmente. Fica tranquila e siga seu coração...
Bjos!

An@ Paul@... Mamãe do Pietro disse...

CONCORDO COM CADA PALAVRA!

Rita Bonifácio disse...

Gi, seu Blog é a maior alegria qu toda maezinha poderia ter na internet.É um blog, sincero, de atenção com nós leitores, onde identificamos cada momento e temos sempre a mesma sensação que "somos iguais"...somos seres humanos com alegrias, tristezas..e isso é muito bom..a gente poder ler na internet..pessoas como vc que passa pelo mesmos problemas e mesmas alegrias.
NUnca seu blog vai trazer para vc algo de ruim..pq vc somente transmite alegria e atenção a todoas nós leitoras.
É a lei da vida...Vc plnta e semeia..e tenho certeza que direo e indiretamente vc alegre milhares de mães, pais e filhos com post tão lidos e sinceros.

Adoro vc e o Lucca..Amo seu Blog e el só me faz feliz!!!!! A mim e a milhares de Pessoas!

Bjos
Rita.

Anônimo disse...

Oi Gi...
Bom não nos conhecemos, mas me sinto da familia....kkk
E sempre q tenho uma duvida, ou qualquer coisa em relação ao meu bebê, recoro primeiramente aqui, no seu blog.
E penso que as pessoas, qua falam certamente não conhecem.
concordo com tudo que vc disse.
E peço CONTINUE...
Não nos deixe...kkkk!

Beijokas

www.maenicolas.blogspot.com disse...

Amiga querida.
Tive que voltar aqui e dizer que não me conformei, então fui até o site da "digníssima reportagem" e fiz um comentário. Pena que só me deram 500 caracteres para escrever, pois do jeito que estou indignada e me sentindo afrontada assim como inúmeras mamães, seria capaz de escrever um livro.
Beijoks!!!
Gisele e Nícolas.

Dri disse...

Oi Giovana! Passando pela 1x no seu cantinho... Li algumas coisas e achei muito bem escrito e com muito carinho. Concordo contigo em tudo que escreveu nesse post, PARABÈNS.
Ahh Parabéns tb pela gravidez. Sempre que puder passo aqui deixar um oi e saber como anda o filho lindo e o bb que cresce na sua casinha.
Beijos.

Mari disse...

Olá Giovana, tive curiosidade de ver seu blog depois de ler a reportagem e com ela ficar assustada sobre até onde uma mãe pode ir para ter seguidores na net, pois essa é a impressão que deu na reportagem. Mas vim ver por mim mesma e cheguei a conclusão com uma rapida olhada que seu blog como outros de mães que conheço não tem nada demais, pois você partilha com outras pessoas momentos preciosos do seu filho e seus e não o expõe ao ridiculo ou perigo de pedofilos, afinal tenho certeza de que você tem outros milhões de momentos só seus com seu filho e marido. Espero poder fazer isso com meu primeiro filho (assim que Deus finalmente me abençoar com um)com todo o amor e carinho que você demonstra.
Parabêns pelo seu blog e por seu trabalho como ótima mãe.

Rafael disse...

relaxa, nada do que está escrito na matéria se refere a você como uma péssima mãe. lá, se discute a sociedade e as mudanças --ou você jamais leu um jornal na vida? você está se expondo, tanto no blog, quanto na Folha, agora aguente o tranco. e justamente esse "feedback" que vc recebe hoje, pode, ironicamente, atingir seu picorrucho no futuro, mas isso são apenas suposições de jornalistas pessimistas.

Rita Bonifácio disse...

Gi, fiquei revoltada com os comentários no site da FOLHA.
Isso mostra o quanto as noticias são de interesse proprio não algo em comum. A FOLHA foi simplesmente ridicula..não conhece vc, não conhece seu Blog, não conhece nada..e as pessoas que opinaram são todas imensamente IGNORANTES...pois tenho certeza que NUNCA entrarem em seu Blog para ver o quanto estão erradas.
Estou muito revoltada..com tantos comentários ruins...Todos que opinaram nem devem ser mãe e pais...pois com uma postura tão grosseira..não devem ter a capacidade para educar alguma criança.

Como já disse, adoro seu Blog e imensamente educativo é tudo feito com a mor e carinho..e principalmente é feito para nós AMIGAS DE VERDADE..quem não quiser ler...que não acesse não é?!

bjos

Elaine disse...

Gi, estou chocada com tudo isso.

Se vc se sentiu ofendida, entre com processo por danos morais...

estou curiosa para ler essa "materia" mas nao tenho senhas...

enfim, só vim aqui mesmo para dizer que te concordo absolutamente com vc, mesmo nao conseguindo ver o outro lado..

Ah, parabéns pela gravidez, eu tb estou gravida novamente, 10 semanas...

bj

Mulher e Mãe disse...

Gi,
Somos amigas pelo Twitter e acompanho seu blog.
Também fiz um post a respeito do seu caso e um protesto em nome de todas as mães blogueiras.
Mexeram com a turma errada. Somos leoas.
As meninas no Twitter estão te dando muito apoio e carinho. Quando puder entra lá.
Veja o post quando puder. Não vamos mais aceitar pessoas que não nos conhecem julgando a maneira que criamos nossos filhos!
http://bit.ly/dXl27B
Você não está sozinha!
Beijos no coração
Calu

Thábata Pontes disse...

Minha primeira vez aqui e vou logo dizendo que estou com vc e não abro! Quem pode ver problema em um blog que fala de experiencias de uma mãe cm seu bebê?! Tanto blog porcaria que tem por aí tratando de tema que nao acrescentam nada na vidade ninguém e esse povo vem falar de um blog que ajuda várias mães, muitas vezes perdidas (ops! eu!! rs) que não sabem ao certo como lidar com seus filhos?! Fiquei indignada com isso!
Moro em Tokyo no Japão e tenho que cuidar da minha primeira filha, totalmente sozinha, sem pai, nem mae, nem médico (sim, pq nao entendo NADA do que os médicos daqui fala) e se não fossem por blogs como o seu, eu nem sei o q seria de mim!!
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...