02 setembro 2009

Ser mãe é tudo de bom

Ontem, como em todas as noites, me deitei num edredom com o Lucca no chão do quarto dele para fazê-lo dormir. Normalmente, ele já mamou, está de banho tomado, fraldas limpas, pijama e meias, e chupeta na boca. O quarto com uma luz bem fraquinha e numa temperatura bem agradável. Se ele está mais agitado, normalmente antes de deitarmos eu o embalo cantando uma musica da natação que ele adora. O momento é de muito amor mas, muitas vezes ele demora a dormir e fico cansada, quase desisto. Penso na novela, no Fabricio me esperando na sala. Mas, não me deixo levar pela ansiedade, converso com ele e retomo as tentativas.
Quando ele dorme, o coloco no berço e sinto meu coração quente, vivo. Sinto que amo demais aquela criaturinha e minha vontade é pegá-lo novamente e enchê-lo de beijos e ouvir sua gargalhada, ver seus dentes e olhos sorrindo pra mim. É um amor gigantesco, sem precedentes, uma coisa louca. E quando penso que parou por aí, volto ao começo do texto.
Ontem, depois de embalar e deitar com ele, num momento em que ele já estava tomado pelo sono, já de costas para mim, percebo que ele tirou a chupeta. Pensei comigo mesma que ele havia acordado e que começariamos tudo de novo. Mas, não. Ele se virou pra mim, olhou em meus olhos e me deu um beijo no rosto. Pôs então a chupeta na boca novamente, virou-se e dormiu. Na hora meus olhos se encheram de lágrimas que transbordaram numa emoção enorme e intensa. Foi um beijo de amor, de agradecimento ou apenas um recado de que dia havia sido maravilhoso. Poderia ser apenas um gesto perdido naquele momento de sono mas, isso se repetia na segunda noite seguida e, na hora da sonequinha, agora a tarde, ele fez de novo. Meu coração está saltando! Não dá pra descrever quanta alegria a gente sente numa hora dessas. Parece que faz valer cada noite mal dormida, cada momento de paciência que a gente buscou sei lá onde diante de uma travessura, cada refeição mal comida diante de um choro ou de uma fralda de cocô.
É demais de bom. Ser mãe é tudo, tudo de bom!

32 comentários:

Mamãe Nathi disse...

Me emocionei com o post.
Ser mãe é mesmo tudo de bom !!!
Beijinhos***

Si Collet disse...

gi q delicia esse momento!! nao vejo a hora da Bia estar maiorzinha!! mas elas cresce taoo rapido, q nem consigo aproveitar tudo!! adorei seu texto falando do amor d mãe, amor seu pelo lucca.. Reamente ser mão nao se explica, se vive.. LINDA A FOTO!!

Jana Mombelli disse...

que lindo este post, cheguie a ficar emocionada e fiquei me imaginando neste situação.
Fico pensando como será que é se mãe... como será o rostinho do baby...como será nossa relação.
Tomara que meu nenem será carinhoso e amoroso e lindo assim como o teu.
Sempre acompanho vcs.
bjs

Rita Bonifácio * Mãe do Davi* disse...

Gi primeiro que foto maravilhosa!
Lindo maravilhoso o post amei de todo coração....
Seu relato é emocionante....
Com o Davi é a mesma sensação..as vezes fico lá com ele no quarto embalando -o para dormir e qaundo dorme e coloco le no berço fico olhando, feliz e acredite se quiser depois vou ver FOTOS dele junto do meu marido..hehehe;..mães tem dessas coisas...
Bjos AMEI E ME EMOCIONEI COM SEU RELATO.

Adoro demais vc e o Lucca meus eternos amigos do coração!!!!!

Eliane disse...

Realmente é impossível descrever com palavras o sentimento maravilhoso de ser mãe e o amor imenso que sentimos pelos nossos pequenos!
Para mim, a maternidade é a condição que justifica toda minha existência!
Como você disse, ser mãe é tudo bom!
Beijos,
Eliane e André

Meu Sonho disse...

Que delícia Gi!
Ler seus post's me dá mais vontade de ser mãe!
Eita sonho, qdo é que vai se realizar....

Bj

Geovanna Albuquerque disse...

Ai gi, vendo vc falar assim, dá ainda mais vontade de ter um baby logo... Na minha primeira gravidez, se fosse menino se chamaria Lucas mais veio a Isabella (que está com papai do céu agora)e se a gravidez tivesse chegado ao final e ela estivesse aqui, estaria com 8 meses e de vez em quano me pego pensando em com estaria minha vida com ela... o ela estaria aprontando nessa altura... rsrsrsrs... e imagino momentos assim, com o que vc descreveu... Mais Deus sabe de tudo e minha hora vai chegar...

Sou apaixonada pelo seu garotão... acho ele lindo demais... e acompanho sempre suas novidades...
Deus abençoe Vcs a cada dia e traga momentos ainda mais lindos e gostosos como esse...

Bjao!!!

Paula disse...

Que coisa...mãe só muda mesmo de endereço!...rsrsrs
E só entende perfeitamente do que vc está falando quem é !!
Realmente é demais!

Que sorte a nossa!

Bjos

Dany disse...

Dá vontade de parar o tempo naquele momento, como se quiséssemos eternizá-lo!
Me emocionei!
Beijos Bochechudos

Roberta disse...

que lindo.
quase chorei aqui
bj'ao querida

Roberta disse...

Que delícia, que delícia...
Realmente não tem nada melhor nesse mundo do que o carinho de um filho e o amor que sentimos por eles.
bjs

Elaine disse...

que lindo! emocionei!

Bru disse...

Gi td bem???

eu imagino q deve ter sido corrido mesmo! mas um dia a gente se conhece!rsrs

olha o batom eu tenho sim, vc nao quer me mandar um email?
fashionmamabybru@ gmail.com

assim a gente conversa melhor..nao achei seu email aqui pra te escrever.

beijos querida!

e ser ame eh tudo de bom mesmo! concordo e assino embaixo!rs

Daphne disse...

Ai, Giovana...de geminiana para geminiana ,meus olhos tbm encheram de làgrimas sò em ler seu relato!
Nem tem o que acrescentar..sò a agradecer a Deus por essa bençao em nossas vidas!
bjo forte!
Daphne

Maria José disse...

Bem estou emocionada amiga e a foto tão linda
bjokas

Camilinha disse...

ai que fofo meu deus é nestes momentos que percebemos o quanto é divino ser mãe....
parebens seu filho é lindo

bjus

Risquinha disse...

Olá.
Cheguei aqui pelo blog da Maria José.
Eu tenho uma Matilde nascida a 7/03/08.
É quase da idade do Lucca.

Deixa-me dizer-te que tens um bebe lindo...alias pelas fotos que ja vi a tua familia é linda.

Beijokas
Se quiseres visitarnos manda o teu e-mail para duasriscas@hotmail.com

Adriana disse...

Oi Gi! nunca mais tinha vindo aqui...cada vez que ia abrir seu blogger meu pc trancava :( agora de micro novo estou conseguindo te visitar novamente!

ADOREI o post, transborda amor. A Giulia dorme mais ou menos como o Luca, e confesso que quando demora me canso, me irrito...mas esses pequenos gestos fazem tudo se transformar não?

Olha...o blogger da Giulia agora é privado, não sei se tu tens acesso, mas se não tiver deixa seu mail no meu outro blogger!

bjs

Dri e Giulia

Maiane disse...

Quanta emoção....
Meus olhos rasaram de lágrimas, estou na fase de "será que chegou a hora de ter um bebê?" fico imaginando os prós e contras de uma nova vida, mas como vc falou, esses gestos recompensam todo o cansaço,as coisas que abrimos mão por essas bençãos que Deus manda para nós.
Fico muito feliz por vc ter um bebê tão carinhoso assim!!!!!
Bjinhos Querida!

Vivi a mamãe do Francisco disse...

Lindo, lindo, lindo!

E muito verdadeiro isso que vc escreveu...

Beijos

Marcia disse...

Oi amiga !! Lindo post !! Era eu que falei com vc hoje lá no gama, disse que era sua fã e tinha vc nos meus favoritos rssss. Dá um pulinho lá no meu blog também... Beijos !

Nanda disse...

É mesmo de emocionar e pra nos mostrar que vale a pena (alguém duvida? rs). Até eu fiquei emocionada com o relato.
Bjs.

Luna disse...

Esses pequenos... com os gestos mais banais, com um simples olhar ou sorriso, tem o poder de nos transportar para um mundo em que só eles importam e nos fazem esquecer de todo o resto.
Lindo texto e a foto casou perfeitamente.
Bjinhos
Lu e Felipe

Me chame de Alê disse...

É amiga... È um amor que dói...rs Parece que não cabe no peito.. é bom demais mesmo. O meu pequeno ainda tem só 6 meses e vira e mexe eu sinto explodir um pouquinho desse amor quando ele me vê e sorri... Quando puder, visite nosso cantinho tbém. Um beijo e parabéns pelo filho lindo! bjos. Alê

Flavia disse...

Oi,
descubri teu blog, lá no guia pratico da Mari, e me identifiquei totalmente com esse post.
Com a maneira de colocar o filhote pra dormir, com as vezes a pressa e a falta de paciencia esperar que eles finalmente conciliem o sono.
Mas vale a pena esperar, né?

lindo post, lindo blog, vou voltar mais vezes. tá?
beijos e bom fim de semana

Maria Luiza, minha vida!!! disse...

Oi Linda! Meu nome é Rafaela e estou entrando agora para o Time das blogueiras...Já participei do e-family na época em que estava gravidinha e depois nós criamos um fórum particular só nosso...e agora resolvi criar este blog para deixar registrado o desenvolvimento da minha filhota que já está com 1 ano e 6 meses! Te adicionei e espero poder trocar experiências legais com vc! Nossa, me emocionei com seu post...realmente não existe nada mais tocante no mundo no que esses simples gestos dos nossos pequenos. Tb não me canso de observar minha filha dormir no berço, fico ali parada admirando horas e horas. Não existe amor maior no mundo do que o de mãe!
Que Deus abençoe vcs!
Um grande beijo!!

Anônimo disse...

O teu blog é akele ke eu mais gosto , pela simplicidade e requinte e principalmente pk não há gabarolices tão tipicas nos blogs portugueses,estes ke já deixei de visitar definitivamente.
a foto está lindissima e o Lucca está girissimo como sempre :)

uma mãe portuguesa

Pedro e mamãe Julianna disse...

Que lindo!!! Tbém sinto muito disso que vc falou, um beijinho que recebo de Pedro enche meu coração de felicidade.
Ser mãe é bom d+++, esse amor que a gente sente é lindo d+++

Mãe aprendiz disse...

Também me emocionei como todas as mães. Adorei o post, só mãe para entender essa FELICIDADE e SENSIBILIDADE.Beijos.

Carla e Diogo disse...

Este texto é lindo demais! Fiquei emocionada...

Beijinho
Carla

Laura disse...

Ai que lindo, fiquei emocionada. Você descreveu exatamente o que sinto com meu Dudu. Até a ansiedade na hora de fazer dormir e o marido esperando na sala. Depois visita meu blog.
Abraços,
Laura

mari disse...

Nossa muito lindo!
Eu estou gravida de 2 meses do meu 1º filho(a)
não vejo a hora de telô em meus braços.Essa gravidez foi muito esperada e desejada,peço a Deus para q eu e meu filho(a) sejamos amigos e q eu possa ser uma mãe como ele gostaria de ter!
Lendo sua história me lembrou muito minha relação com o meu sobrinho q tbm se chama Lucas moramos um bom tempo juntos e quando me casei senti como se estivesse deixando para trás um pedaço de mim,pois apesar de não ser mãe dele sempre fui uma tia e madrinha muito coruja e fazia questão de cuidar como se fosse meu.
colocava pra dormi,trocava fraldas,levava pra escola,muitas vezes as pessoas achavam q ele era meu filho kkk minha cunhada nunca se importou pelo contrario até hj ela me agradece pela dedicação q tive.
hj o Lucas tem 9 anos eu moro em uma cidade e ele na outra nos falamos mais pela net,mas Deus esse ano me deu a benção de gerar uma criança q antes mesmo de existir dentro de mim já era amada.
abç q o Senhor Jesus abençoe sua família ! Marii

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...