02 fevereiro 2010

Nosso primeiro dia de aula!

Checando seu material: livros, gibis, revistas velhas, tintas e giz de cera

Prontinho pra aula, de uniforme

Ao final da aula, vindo ao encontro da mamãe, todo sossegado

Comendo um biscoito na frente da escola, na saída

Chegou, enfim, o grande dia. Desde o mês de novembro, quando matriculei o Lucca na escolinha escolhida, que venho até perdendo o sono pensando em como seria esse dia. Minha maior preocupação era com o sua sonecona da tarde, que muitas vezes chega a durar duas horas e meia. Ficava morrendo de medo dele não dormir mais e virar um monstro estressado, além de saber que essa dormidinha depois do almoço é muito importante para as crianças e, até para os adultos. Então ficava bolando rotinas mirabolantes e tentando ter uma idéia do que fazer. Quando decidia, ficava pensando se daria certo. Bom, deu certo!
A escola, maravilhosa por sinal, fez um horário difereciado na primeira quinzena de aulas para adaptação. Então, nesses primeiros dias ele entra ás 15h30. Assim, comecei a "puxar" a rotina dele pra mais cedo. Deixo ele acordar sozinho (o que raramente acontece depois das nove da manhã), dou mamadeira e não dou mais nada de comer. Daí a gente brinca, vai à praia, e depois vem o almoço. Ontem o almoço foi ao meio-dia e hoje já puxei pras 11h30.
Depois do almoço, um bom banho e clima relax na casa.
Ontem às 13h00 ele já estava dormindo e hoje às 12h20! Nesses momentos vejo como implantar rotina desde cedo e' importante. Deixei dormir e por volta das 15h00 ele acordou sozinho e feliz, mamou e fomos à escola. Problema da nova rotina resolvido, pois até chegar o horário normal das aulas, já terei conseguido fazê-lo dormir por volta das 11h30 e acordar aàs 13h00. A soneca vai diminuir, mas na escola ele poderá dormir de novo se sentir necesidade.
Daí veio o medinho de deixá-lo e ele chorar. Resolvi comigo mesma que seria segura, firme e feliz a todo momento pra passar isso pra ele. Então, a todo momento escola é legal, conversamos muito o tempo todo (apesar de não saber se ele entende tudo), e sorriso no rosto da mamãe, sempre! Na entrada e na saída. E deu certo mais uma vez.
A escola é muito competente e mandou uma cartinha pras mamães antes das aulas iniciarem dando dicas de adaptação. Uma das mais importantes que eu percebi foi levar a criança andando, no chão, e não no colo. Assim evita passar aquela impressao da crianca sendo arrancada do colo da mae, principalmente nos casos das mais resistentes.
Na hora que chegamos, a Tia Carmem, Coordenadora, que ele havia conhecido semana passada já veio, que nem um furacão e não deixou a gente nem pensar, ou melhor, sem valorizar demais o momento da separação, pegou o Lucca no colo e foi conversando com ele e entrando na escola. Ele nem olhou pra trás. E se foi... Fiquei lá, meio sem saber o que fazer e outra Coordenadora me disse alguns minutos depois que ele estava bem, que havia chorado um pouquinho mas que já havia parado. Me dirigi então a uma sala preparada especialmente para as mães, com duas psicólogas para conversarmos sobre as reações dos filhos e das mães também. Foi super instrutivo e o tempo voou. Logo já era hora de buscá-lo.
E ele saiu, todo fofo, como se nada tivesse acontecido, dando tchau pra todo mundo... Lindo da minha vida!!
Hoje, o segundo dia, também era temido mas, ao acordar, o papai perguntou: Vamos pra escola? Ele disse: Bamo! Pusemos o uniforme e novamente foi tudo em paz. Conforme fui informada, chorou um pouco no começo mas comeu seu lanche, brincou e saiu feliz da vida, gargalhando quando o peguei no colo.
Esse menino é de ouro. Mas, essa fase não é fácil pra ninguém.
Ontem a sala das psicólogas tinha apenas três mães. Hoje já tinha seis. E é muito legal conversar com elas pra entender tudo que está acontecendo. Pra mim e pro Lucca está correndo tudo bem e isso graças aos três lados: bebê legal, mamãe cabeça boa e escola competentíssima!
Estou muito feliz. Parabéns filho, você está sendo fantástico!
E, para as amigas que logo passarão por isso, se não tiverem profissionais disponíveis na escola, procurem ler bastante sobre o assunto (artigos profissionais e não só desabafos de mãe pois cada criança é diferente da outra), se preparem e fiquem calmas e seguras, confiantes na escola, porque a criança vai sentir isso e, por mais que a adaptação seja difícil pros dois, é apenas uma fase passageira.

13 comentários:

nhirla disse...

Ai que saudade de seus textos, como sempre se aplicam muito bem em mim! OLha minhas pequenas entraram no berçário há uma semana.
A dica de levá-la andando eu não sabia, vou começar amanhã mesmo! Que lindo o Lucca, realmente ele e vc estão de parabéns! bjos

Valquíria disse...

Que bom que foi assim o 1° dia de escolinha do Lucca!!!beijos
Val e Gui

Carla e Diogo disse...

Olá, a adaptação é mesmo assim, é normal o choro. Com o meu filho foi igual e no primeiro dia até eu chorei...

Beijinho e o Lucca está lindo.
Carla

Mamãe Nathi disse...

Que rapazinho bonzinho!!!
Que ótimo saber que está correndo tudo bem na adaptação...

Beijos***

Jana Mombelli disse...

Gi, sempre que vejo fotos atuas do Lucca levo um susto em ver como ele cresceu.
Menina ele ja ta um mocinho, e eu ainda lembro dele bebezinho.
Cada dia mais lindo. ele vai te dar um trabalho, vai ter muitas candidatas a norinha.
Um super beijos.

Maria José disse...

Bem amiga o teu filho´é tão lindo que não me canso de dizer.
e ainda bem que tudo correu bem com o primeiro dia de escolinha
bjokas

Marcia disse...

Gente mas que rapaizinho mais lindo cheio de responsabilidade,sucesso!!!!!
Gi preciso de sua ajuda outro dia vi no seu blog o Lucca usando uma mochilinha que e um colete pra vc mante-lo por perto pode me dizer aonde comprou achei um no orkut por 97,00 mais despesa de correios achei tão carinho,é isso mesmo?
beijos
marcia
marcyagil@hotmail.com

Môni disse...

Ah Giovana, que maravilha é encontrar uma escola competente para deixarmos nossos filhos em segurança e carinho!
Como pedagoga posso dizer que a nossa cidade tem boas escolhas e bons programas de adaptação, desde que mudei aqui para o Rio de Janeiro não encontro uma escola satisfatória, portanto meu Arthurzinho não está na escolinha ainda! E eu ainda não consegui voltar a trabalhar! ai...ai..
Bom, deixarei de reclamar porque vim apenas felicitá-la pela sua escolha, sua novidade boa e seu filho lindo!!! Que parece um mocinho nas fotos! rsrs
Um beijão e muitos mais bons momento por ai

Rafaela disse...

Que graça ele olhando os materiais, muito fowfo.

Bjus

Nádia disse...

Ai que amor ele na escolinha! Eu já passei por isso como mãe, sofri muitooo. Agora vou passar pela segunda vez, e também vou sentir o lado de ser professora dessa fase, estou me formando e vou fazer estágio com essa turminha dos picurruchos, só pra ver como que é o outro lado, o lado de ser a prof. Beijos!

cantinhodafelicidade disse...

Olá!
Vim conhecer seu cantinho através do blog da Nathi!
Tenho uma filha de 2 aninhos e estou grávida de 7 meses. Ela começou na escolinha semana passada e tem chorado um pouco.
Adorei a dica de não levar no colo. Vou experimentar por aqui.
Seu blog é lindo e sua família também. Posso linkar vocês?

Mãe aprendiz disse...

Oiii Gi... Nossa,parece que ele cresceu muito no ultimo mês.Ele ta com carinha de homenzinho mesmo,hehehehheh. Ahhh boas dicas, vc sabe já já vou por passar por isso,e ainda não achei a escola ...rsss. Meu baby está com 11 meses,ainda não anda,mas gostei da dica.... Beijossssss.

Maria Luiza, minha vida!!! disse...

Oi Gi...
Que bom que tudo ocorreu bem na escolinha....com a Malu tb foi assim...fiquei super preocupada, sem dormir e no final das contas eu me surpreendi com ela...
Um grande beijo em vcs dois!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...